O que é a Amnésia Global Transitória?

A Amnésia Global transitória (AGT) é uma perturbação aguda da memória anterógrada, associada a uma alteração variável da memória retrógrada, sem qualquer outra alteração neurológica, sendo a sua causa desconhecida.
No decurso do episódio é relativamente típico o doente repetir sistematicamente as mesmas perguntas, dada a incapacidade de reter a informação no momento.
Doentes com AGT recuperam gradualmente do defeito de memória, habitualmente ao longo de algumas horas, no máximo ao fim de 24 horas, com resolução total. A maioria dos casos de AGT surgem após os 50 anos de idade.
São frequente fatores precipitantes, como o exercício físico extremo, ato sexual, dor intensa ou exposição a temperaturas extremas.
Quando vistos por médicos não especialistas, estes doentes são frequentes vezes e incorretamente diagnosticados como tendo tido um AVC, o que poderá levar à realização de exames e instituição de terapêuticas desnecessárias.
O prognóstico é excelente, sendo rara a sua repetição.
Doentes com AGT deverão ser observados por Neurologista, sendo habitual a recomendação de realização de TAC ou Ressonância Magnética e Eletroencefalograma.